segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Projeto de vídeo monitoramento IP em grandes depósitos no Chile

O Grupo Magal, que desenvolve grandes projetos de construção no mercado imobiliário do Chile, confiou nas soluções de vídeo vigilância IP AirLive para monitorar e supervisionar os depósitos que constrói e aluga para seus clientes.


Desafio 

A área a cobrir consistiu em sete depósitos alinhados ao longo de uma área de 140 metros de comprimento por 60 metros de largura. Os  espaços incluíam três corredores e duas portas de acesso.
Abaixo estão cada um dos lugares que requeriam de monitoramento permanente:

a) Corredor norte de 140 m de comprimento
b) Corredor leste de 60 metros de comprimento
c) Corredor oeste 60 metros de comprimento
d) Portão de acesso de veículos localizado no lado oeste
e) Portão de acesso principal de veículos localizada no leste do complexo

Solução

Devido à importância da vigilância e segurança dos produtos armazenados em grandes espaços, o integrador Ivar Michelena Viti de IP Ingeniería Ltda recomendou instalar nos galpões Lampa I quatro câmaras: duas AirLive FE-200VD e duas AirLive POE-5010HD.

As AirLive FE-200VD foram localizadas a sete metros de altura acima nos extremos nordeste e noroeste dos galpões com braços de extensão sob medida. As AirLive POE-5010HD foram instaladas a 15 metros de distância dos portões e a 2 metros de altura com lentes ajustadas a 30 mm.

Nesta instalação recomendou-se o uso da largura de banda Fast Ethernet para suportar as quatro câmeras IP e garantir velocidade de rede compatível com as necessidades de vídeo vigilância e monitoramento em tempo real.

Resultado

O integrador responsável pela realização deste importante projeto de monitoramento garante que os resultados foram excelentes. As câmeras POE-5010HD instaladas permitem, a obtenção de um registo claro de IDs dos veículos, os rostos dos motoristas, a presença de acompanhantes, entre outros detalhes.
Com as FE-200VD obtiveram imagens de veículos do tipo sedan de 1/15vo de tamanho, de monitorizar a 75 metros de distância da câmera. Cruzando ambas câmaras, o objetivo é que uma delas vá a uma maior distância, enquanto a ourtra se aproxima, de modo que é sempre possível a identificação do veículo no seu percurso.

De acordo com os gerentes do projeto, as quatro câmaras substituíram as onze câmeras propostas por outro integrador.
Outro destaque é que as distâncias envolvidas forçam a instalação de switches em lugares intrincados na estrutura dos galpões. Esta dificuldade foi resolvida usando discretos gabinetes de tamanho pequenos e bem ventilados.

Vídeos


Nenhum comentário:

Postar um comentário