sexta-feira, 22 de abril de 2016

Conselhos para recomendar um sistema de vídeo vigilância

A oferta de serviços de segurança e vídeo vigilância  tem crescido significativamente nos últimos anos. Dada a variedade de propostas da parte dos fabricantes e criadores de soluções de vigilância por vídeo, os integradores devem tomar decisões para seus clientes de todas as dimensões, sejam pequenos comércios, pequenas e médias empresas até às grandes companhias que precisam monitorizar e gravar os movimentos de clientes e veículos, stocks e propriedades. O vídeo também exige sistemas de vigilância urbana que fornecem imagens de vídeo de alta resolução e velocidade no momento da captura tanto de cenas em geral, como nos menores e mínimos detalhes.
Neste especial relatório, produzido pelo Departamento de Suporte Técnico AirLive, são analisados alguns aspectos importantes a ter em conta no momento de sugerir e aconselhar a implementação de um sistema de vídeo vigilância.

A câmera é o último link do sistema de vigilância de vídeo?

Na verdade, a câmera é o equipamento mais visível num sistema de vigilância por vídeo. Sem a câmera não há imagens ou vídeos que permitam verificar o que acontece no cenário focado. Mas no momento de pensar na sua instalação deve-se ter em conta aspectos tais como o fornecimento de energia, o alcance dos equipamentos centrais do sistema de monitorização, armazenamento, entre outros.
Noutras palavras, a que infra-estrutura será conectada a câmera. Aqui se tornam importantes os switches e os equipamentos wireless. Suas capacidades dependem, nada mais nada menos, das
próprias câmaras.

Funções inteligentes incorporados (IVS)

Outro aspecto importante é recomendar câmeras que incorporem funcionalidades inteligentes e um sensor PIR, permitindo implementar um sistema de vídeo vigilância com serviços, tais como a vedação eletrónica (e-fence) a criação de zonas de restrição, controle de temperatura e humidade, contagem de pessoas e áudio bidirecional , relatórios estatísticos, entre outros. Esses recursos já estão disponíveis nas novas gerações de câmeras embora nem todos os fornecedores tenham tido tempo para as projetar ou aplicá-las. Estas câmeras são ideais para o retalho e lojas que precisem automatizar algumas funções na administração das suas instalações.
Por suas capacidades podem se converter em assistente dos encarregados das lojas e de outros estabelecimentos comerciais. Inclusivamente é possível você aceder através de uma aplicação standard para telefones inteligentes e ver tudo o que acontece no interior e até à entrada principal. As funções inteligentes já estão presentes tanto em câmaras para habitações como para grandes empresas.

Em que cenario se vai instalar o sistema de vídeo vigilância? interior ou exterior?

A instalação de um sistema de vídeo vigilância é algo bastante comum dentro de uma habitação. Há diversas opções para analisar antes de tomar a decisão de compra. Até à pouco tempo, o mais importante era considerar a resolução que permitiria examinar com nitidêz tanto as imagens dos vídeos gravados como o que estava sucedendo ao vivo. Mas isso não é suficiente. Nos últimos meses, foram desenvolvidas câmeras cubo com resolução de 3 megapixels (a geração anterior de câmeras para casa chegava a 2 megapixels) e funções inteligentes incorporadas. Finalmente, você deve avaliar se a residência tem um parque, jardim ou estacionamento. Nesse caso, você necessitará instalar pelo menos uma câmera com caixa para exterior com IR LED para monitorizar em horários nocturnos e garantir assim a vigilância, mesmo em cenários de escuridão.
Por outro lado, em cenários de exterior, existem câmaras Bullet e dome que podem ser instaladas de maneira combinada, por exemplo, num cruzamento de avenidas, três Bullet (Bala) e uma dome (cúpula).
As câmeras bullet têm incorporada focagem inteligente, zoom, análise de vídeo, estabilização digital de vídeo (para evitar as vibrações) e modo corredor para entregar imagens de alta qualidade e aumentar o desempenho do sistema de vídeo vigilância. Estas funções são a chave para soluções profissionais. A característica técnica indespensável é a incorporação de um sensor CMOS 3 megapixel incorporado e lente 3.5X para focagem inteligente/zoom motorizado, proporcionando alta qualidade de vídeo e vários ângulos de visualização-
Um aspecto crítico é o suporte para ambientes adversos e a prevenção de actos de vandalismo. Para isso, a câmera deve ter uma caixa IP66 e IK10, assim como a protecção do cabo através do suporte. Além disso, estas câmeras devem funcionar dia e noite com filtro de corte IR mecânico  (ICR)  e LED IR inteligente pelo menos de 25 metros.
Uma grande vantagem da câmera bullet com zoom motorizado é a possibilidade da adaptar a focagem através da configuração web da câmara, sem a necessidade de a ajustar como as câmeras clássicas de focagem manual, que requerem de uma pessoa perto da câmera e ajustar a focagem manualmente.

Para que instalar uma dome?

O sistema de vídeo vigilância exigirá 3 megapixel scan progressivo mecanismo pan / tilt de alta velocidade e precisão, o mais apropriado será a instalação de uma dome (cúpula). Enquanto as câmeras bullet (bala) são equipamentos de alta capacidade, as domes de alta velocidade permitem completar o sistema de vídeo vigilância mediante a função de seguimento inteligente incorporada (Smart Tracking). Este recurso pode ser configurado para detectar automáticamente um intruso ou movimento irregular de um objeto dentro de uma área restrita, como bancos fora do horário de abertura ao público, bairros durante a noite, entre outros.
Com norma e suporte de uma ampla faixa de temperatura com suporte de alimentação PoE + IP66, a dome tem uma excelente capacidade para ambientes hostis no exterior.
O mecanismo pan/tilt  de alta velocidade ajuda a verificar e focar com facilidade, enquanto a sua resolução de 3 megapixels é 1,5 vezes mais nítida do que Full HD. Com 3MP 30FPS a 60FPS e 1080P, a dome é
capaz de capturar todos os detalhes com grande clareza.

Multifuncionalidade e potencia wireless

A potência do rádio integrada nos equipamentos de conectividade wireless, seja para cenários interiores ou exteriores, permite aos integradores fornecerem produtos que satisfaçam as diferentes necessidades de conectividade tanto em curtas como longas distâncias. Este é um aspecto extremamente importante no momento de suportar um sistema de vídeo vigilância wireless. Nos vários modos de operação, existem equipamentos de rede que resolvem vários cenários com o mesmo produto, incluindo opções para suportar equipamento anexos através de PoE para o dispositivos  wireless, como outro similar para fazer um wireless, ou uma câmara para fazer um ponto vigilância remota. Neste ponto, os integradores devem parar e analisar as especificações técnicas, tanto nas suas vantagens como nas suas limitações, porque destas dependem a estabilidade e o alcance da solução oferecida. Atualmente, a grande maioria das marcas com boa presença no mercado, optam por um modelo de negócio oposto, ou seja, grande variedade de equipamentos e limitações técnicas nestes dois ramos chave de soluções wireless.

Preparado para os últimos avanços tecnológicos

A chegada das redes 4G na região obriga a que tenha em conta os novos projectos de vídeo vigilância. Neste sentido, as soluções de vigilância de exterior exigem equipamentos de rádio com soluções integradas para redes 4G / LTE com conectividade wireless.
Suas capacidades são úteis tanto para obter uma conexão de rede instantânea ou um acesso ao sistema de vigilância em ambientes externos adversos, onde os cabos estendidos representam um desperdício de tempo e dinheiro. Já existem equipamentos tanto para provedores de telecomunicações, integradores de sistemas e WISP (Internet Service Provider).
Por exemplo, se o que deseja é instalar câmeras IP em locais remotos ou onde é difícil chegar a uma ligação à Internet, um equipamento de CPE é a melhor solução, porque permite conectar as câmeras IP a servidores de gravação remota e, ao mesmo tempo, os utilizadores podem ter vídeos ao vivo em qualquer lugar através da Internet.
Outra aplicação é fornecer serviço de Internet em eventos no exterior. Com suas antenas poderosas e sensíveis podem receber o sinal 4G / 3G longe e muito melhor do que os telefones celulares, entregando WiFi em grandes áreas.
Além disso, com respeito às soluções PoE que coexistem com um sistema de vigilância IP, já existem switches que permitem aos utilizadores criar topologias gráficas dentro da mesma configuração IP do switch. Desta forma, a solução torna-se muito mais fácil de administrar para os gestores da rede.
A presença da fonte de alimentação via Power Over Ethernet é a chave para o funcionamento das câmeras que já possuam essa conexão instalada. Embora seja possível levar energia à câmara através de um cabo de rede, as câmeras de vídeo vigilância já dispõem de conexão POE (através do mesmo cabo de dados) com o qual é possível instalar, mesmo sem nenhuma rede AC ou DC cablada. A  recomendação mais adequada é instalar câmeras com porta PoE.

Que fornecedor é o mais conveniente?

Neste ponto, é importante trabalhar com fornecedores que disponham uma ampla gama de produtos que permitam instalar um sistema de vídeo vigilância completo. Não apenas fabriquem câmeras para todos os ambientes, mas também desenvolvam equipamentos de conectividade interior e exterior (router AP, CPEs, switches PoE com gestão) que tenham alta potencia, alcance, rebustêz e velocidade, soluções de armazenamento, software de vídeo vigilância. 

segunda-feira, 18 de abril de 2016

AirLive apresenta uma solução para controlar a temperatura e humidade nas estufas

A monitorização e controle de precisão das condições ambientais em estufas exigem uma ampla fiscalização. Assim, os produtores horticolas, flores, plantas, espécies florestais, ornamentais precisam de altos rendimentos, especialmente fora da época de crescimento, deve monitorizar as condições meteorológicas para otimizar o desempenho da produção.

Por exemplo, num ambiente de estufa externo determina as condições internas, quando a temperatura aumenta ou diminui, dependendo da quantidade de luz solar que atinge a tampa de plástico. Daí controlar o aquecimento do efeito de estufa é um desafio constante.

Em suma, as influências de temperatura de todos os processos vitais de uma planta: se forem submetidas a temperaturas muito baixas (- 10 ° C) ou a temperaturas muito elevadas (30 ° C) a planta irá limitar cada um dos seus processos fisiológicos, reflecte-se num menor crescimento, folhagem, perda de flores ou tamanho do fruto.

Estes aspectos exigem a assistência de profissionais que têm ferramentas que lhes permitem regular a temperatura e humidade. Neste ponto, uma das aplicações de custos mais convenientes e mais benéficos é a instalação de uma câmara AirLive cubo SmartCube 300W em uma estufa. As vantagens são a monitorização ambiental e produção de uma temperatura e humidade relatório e alarme. Utilizando o sensor de temperatura integrado e humidade, SmartCube300W exibe os dados em tempo real e envia alertas quando qualquer de um dos valores exceder ou ficar abaixo de um determinado valor. Assim, o utilizador pode definir um máximo e um mínimo nos sensores. Assim, a câmera mostra a temperatura e humidade em tempo real ou enviar um relatório diário. É também responsável para avisar quando ambos excedam ou caiam abaixo de um determinado valor.
(Nota: As leituras de temperatura e humidade atingem o breakeven 30 minutos depois de ligar a câmara com uma precisão dentro de uma faixa de 5 ° C, para a temperatura e 10% de humidade relativa). De notar que quando o valor exceder a configuração definida, 300W SmartCube enviará uma notificação para o seu smartphone (veja a imagem)


Relatório diário da temperatura e humidade.




O relatório diário é gerado no formato CSV, que pode ser aberto com o Microsoft Excel, e exibe a temperatura e humidade a cada 30 minutos durante 24 horas. O utilizador pode usar um programa de folha de calculo como o Excel para exibir os dados em gráfico e obter uma visão completa do fluxo da temperatura e humidade.






Monitorização dos sensores de temperatura e humidade.



Monitorização através de telefone inteligente

Além disso, o controle de temperatura e humidade, outra atividade importante numa estufa é a detecção de movimentos de objetos. Neste sentido, o sensor de movimento irá informá-lo se há alguma atividade suspeita ou animais indesejados que ameacem as suas preciosas plantas.

Além do controle ambiental, AirLive SmartCube SC-300W oferece funções inteligentes, como detecção de intrusão, controle de acesso não autorizado, captura de rostos, contagem de pessoas, cercas electrónicas, entre outros.

sexta-feira, 8 de abril de 2016

AirLive apresenta uma solução de vigilância urbana baseada no switch de fibra óptica

A instalação num centro de controle de um switch de fibra com gestão AirLive SNMP-24MGB Plus (com 20 portas de fibra, com 4 portas combo UTP / SFP) e sua conexão com o switch IG-642POE industrial (especialmente desenvolvido para o exterior), localizado, por exemplo, no cruzamento de duas ruas ou avenidas para conectar três câmeras bullet BU-3028 e a dome SD-3030 pode capturar todos os detalhes e movimentos que ocorrem no espaço monitorizado.
Assim, as câmeras e os switches podem entregar um sistema de vídeo vigilância simples e robusto.
A versão Plus do switch AirLive para fibra óptica foi especialmente projetado para redes de
alto desempenho e projetos de integração de rede e vigilância por vídeo. Neste caso, a solução
não só fornece conectividade confiável, mas também simplifica um aspecto crítico como a
vigilância em ambientes urbanos.
SNMP-24MGB Plus pode ser administrado através da porta serial RS-232 e de uma ligação
directa, ou uma porta Ethernet utilizando CLI ou administração web, associado com SNMP. Ele
também tem características úteis, tais como QoS, Spanning Tree, VLAN, Port Trunking,
controle de largura de banda e segurança de portas, entre outras funcionalidades. É adequado
para aplicações de escritório, tais como LANs metropolitanas. Ele também suporta duas fontes
de entrada, 100 ~ 240 VCA e 48VDC para aplicações de redundância.
A entrada de alimentação redundante é importante porque serve como um switch central
(core) para todos os acessos à Internet.

Além disso, o IG-642POE é um switch 6-portas Gigabit Industrial PoE tendo 2 portas Gigabit SFP. Suas principais características são:


  • 4 RJ45 10/100/1000 Mbps e 2 de fibra SFP Gigabit Fibra
  • Fonte de energia com 4 portas PoE 802.3at
  • Dupla entrada de energia 44V ~ 56Vdc com redundância
  • Gabinete IP31
  • Ambientes Adversos: -40° C ~ 70 ° C


IG-642POE é um switch industrial de 6 portas Gigabit Ethernet completas que proporcionam um desempenho velocidade de cabo, sem bloqueios e flexibilidade para estender Gigabit Ethernet em ambientes agressivos. Possui 4 portas Gigabit RJ-45 de cobre e 2 interfaces 100/1000BASE-X SFP fibra óptica numa caixa IP31 forte e resistente. IG-642POE é bastante adequado para aplicações de sistemas de vigilância, monitorização de segurança e serviços sem fio em ambientes como fábricas ou transportes públicos.
Outra característica importante é a sua dupla entrada de alimentação com redundância. IG-642POE suporta duas entradas de energia DC, fornecendo energia redundante. Quando uma fonte de alimentação DC falha, o relé é ativado e lembra ao utilizador da falha de energia.

Entre os benefícios da solução baseada num switch fibra AirLive estão:

  • Transmissão confiável de longa distância.
  • A Instalação de gabinete tem um tamanho compacto e design robusto.
  • Distribuição Centralizada para melhorar a migração e redundância.




Topologia da solução

Este switch suporta apenas a camada 2 controle fila de prioridade 802.1p, também suporta triagem e dá a prioridade à camada superior para permitir uma maior qualidade de serviço (QoS) para aplicações em tempo real com base em informações extraídas de Layer 2 para a camada 4, tais como dados VoIP, e vídeo. Além disso, para os ambientes de missão crítica, essa opção pode ser configurada com redundância para garantir a transmissão e recepção de pacotes de backup.
No seguinte vídeo podem ser exibidas todas as soluções baseadas em SNMP-24MGB e cada uma das topologias:
https://www.youtube.com/watch?v=TPyZqP2qt2A


quarta-feira, 6 de abril de 2016

AirLive amplia sua família de switches PoE

AirLive acaba de introduzir um novo membro da sua família de switches PoE. É o AirLive POE-GSH2624-370, switch que inclui soluções de mapeamento, VLAN, SNMP, PoE e de transmissão de fibra, além dos últimos avanços tecnológicos. Por exemplo, funções de monitorização gráficas reais com vista topologica, vista plana e Google Maps permitem que os sistemas de vigilância e administradores de sistemas analisem e monitorizem suas topologias e conectem todos seus dispositivos de forma mais eficiente.
Este novo modelo se adiciona à oferta de switches AirLive POE já está disponível e foram incorporados a maioria dos projetos de conectividade e vídeo vigilância na região. Tal é o caso dos POE com gestão POE-FSH1008AT, GSH2004L-POE-370 e POE-FSH808PW, e sem gestão POE-FSH804AT.
POE-FSH1008AT é ideal para projectos de pequena escala. Tem 8 portas PoE 10 / 100Mbps 802.3at / af e 2 portas combo gigabit TP/Fibra para Uplink (TP Twisted Pair), oferta total de energia 130Watt incorporada, gestão baseada na Web para configuração on/off PoE, controle de largura de banda, porta Trucking e a marcação de VLAN, suporte snooping IGMP, port mirror (espelhamento da porta), MAC Binding, Spanning Tree e proteção de acesso por senha e proteção de dispositivo (Guard dispositivo).
Cada uma das portas do AirLive POE-FSH1008AT pode fornecer uma potência de até 30W sob o standard 802.3at. Com esta capacidade, este switch é capaz de alimentar qualquer câmera IP ou ponto
acesso 802.3at/af. Ele também oferece a função de gestão remota para ativar ou desativar a saída PoE, VLAN, controle de largura-banda,
Trunking e Broadcast Storm Control.
Por outro lado, o POE-GSH2004L-370, desenhado para grandes projectos, tem as seguintes características:
• 20 portas 10/100 / 1000Mbps + 4 portas combo UTP / (100M / 1000M) SFP
• 24 portas PoE com portas standard 802.3at / af
• Fornecimento de energia Full Power 370Watt incorporada
• Caracteristicas Web inteligente que fornecem mais fácil administração, segurança, QoS e desempenho
POE-GSH2004L-370
Switch Web Smart 24 Portas Gigabit com 4
 UTP/SFP combo 802.3AT
Device Guard (Dispositivo Proteção)
• Suporta SNMPv1 / v2c para administração, filtragem de broadcast storm, IEEE802.3az Standard EEE Energia Eficiente Ethernet para aplicações de Ethernet verde
• Fornece energia a câmeras IP PoE 802.3at / af e APs via cabos RJ-45
O terceiro membro da série com gestão é o POE-FSH808PW, com 8 portas 24V Passiva POE + 2 switch  Web Smart Gigabit Uplink, tem as seguintes características:
• 8 portas 10 / 100Mbps + 1  porta Gigabit RJ45 + 1 Gigabit SFP: 10 portas no total.
• Suporta qualquer dispositivo 24V PoE (e os modelos AirLive AP60, N.Power, AirMax2).
• Potência total de 180Watt com fonte de alimentação integrada.

POE-FSH808PW
8-Portas 24V
POE Passivo
+ 2 Gigabit Uplink
• Gestão baseada em web para configuração do on / off POE, Controle de Largura-Banda, Port Trunking e Tag VLAN.
• Suporte IGMP snooping, port mirror (espelhamento de porta), Funções avançadas de Gestão de Rede e Spanning Tree MAC Binding.
• Port Mirror (espelhamento porta), acesso protegido por senha

Proteção de dispositivos (Device Guard)
POE-FSH1008AT e POE-GSH2004L-370 incluem a função de proteção de dispositivos AirLive que protege a continuidade da rede wireless e o funcionamento ininterrupto das câmeras de vigilância IP. Isto significa que, se detectar uma câmera IP ou um ponto de acesso que não está funcionando ou não responde, é reiniciada automaticamente. Além deste benefício, estes switches separam a rede de vigilância wireless (VLAN) do resto da rede, pode dar prioridade ao tráfego de rede e garantir a largura de banda (QoS), além disso oferece a capacidade de gestão remota.
POE-FSH1008AT
8-portas POE + 2 Combinadas Gigabit 802.3at
 Dispositivo Guard (Protecção)
Switch Smart Web
Cabe destacar que os switches AirLive PoE foram concebidos para ultrapassar a norma 802.3af, a qual requere 15W por porta, agregando a norma 802.3at, que permite fornecer 30W de potência para cada dispositivo conectado. Com esta capacidade, POE-FSH1008AT não só pode detectar dispositivos que falham, mas também possui a potência suficiente para os reiniciar e garantir a continuidade operacional da rede e o sistema de video vigilância.
A linha de switches PoE completa-se com o modelo POE-FSH804AT sem gestão (mais informação em http://pt.airlive.com/product/POE-FSH804AT).
"Nossos switches PoE continuam a ser uma das linhas que acompanham a maioria dos nossos projetos", diz Adrian Bongioanni, gerente de vendas para a América Latina da AirLive.